Como fazer marketing pessoal corretamente: aprenda como se promover e aumentar o valor percebido por sua audiência

Como fazer marketing pessoal corretamente: aprenda como se promover e aumentar o valor percebido por sua audiência

 

Como anda seu marketing pessoal Será que você anda fazendo “propaganda barata” de si mesmo?

Seu objetivo é ser visto como uma autoridade no mercado? Pois saiba que, se promover sem gerar valor para sua audiência não vai te ajudar a alcançá-lo. Pelo contrário, vai te distanciar ainda mais dele. Será que você está andando na marcha ré em direção ao seu objetivo?

Ficou na dúvida? Não se preocupe, neste artigo vamos conversar sobre como NÃO fazer “propaganda barata” de si mesmo e como se promover gerando valor para sua audiência.

Iremos falar de:

#Curtiu? 👍
#Simbora! 🚀

 

O que é personal branding?

 

Antes de falar sobre isso, vamos definir o que se entende por marca pessoal.

Todos nós temos uma marca pessoal, independentemente se você cuida da sua ou não. A diferença está em: quem cuida dela e faz um bom trabalho, tem uma marca pessoal positiva, já quem não cuida ou “tá nem aí”, tem uma marca pessoal negativa ou inexpressiva (nem fede nem cheira, como diria uma amiga rs).

Sua marca pessoal é como você é percebido pelas pessoas; é a impressão que você deixa nelas, exemplo:

“Hum… não sei, ele não me parece confiável. Acho que deve ser um golpe.”
ou
“É uma pessoa séria, comprometida o que ele fala eu assino embaixo.”

Mas atenção, uma coisa é a imagem que temos de nós mesmo em nossa mente. Outra coisa é a imagem que os outros têm de nós e, pode ser que ambas, as imagens, NÃO sejam iguais.  Eu posso imaginar que estou passando uma determinada impressão, mas não é essa a imagem que meus amigos têm de mim.

Por isso você tem que prestar atenção e analisar se o que fala está coerente com o que você faz. Será que seu discurso e suas ações estão transmitindo, para seu público-alvo, a imagem que você deseja passar?

Uma forma simples de você descobrir isso é perguntando.

Pergunte para seus amigos e familiares o que eles acham de você. Mas escolha aqueles que vão te falar a verdade e não aquilo que você deseja ouvir 😉.

Sua marca pessoal é justamente a impressão que causa nas pessoas. É a percepção que elas têm de você e isso é criado através de suas ações.

Por isso, um dos pontos trabalhados pelo personal branding é o autoconhecimento.

Você precisa se conhecer bem para saber exatamente qual mensagem quer passar para sua audiência.

👉 Quais são seus valores?
👉 Quais são seus atributos?
👉 Quais são seus objetivos?
👉 Qual é a sua missão?
👉 Qual é a sua visão?
👉 O que você faz de melhor?
👉 O que é que te torna é único(a)?
👉 Entre outros.

O personal branding cuida exatamente disso, dessa imagem que será ou está sendo criada na mente das pessoas com as quais você quer se conectar. Ele é responsável pelo sentimento que é gerado quando pensam em você.

Robin Fisher Roffer, especialista em branding diz:

“Personal branding helps you to know who you are and be valued for it, to attract what you want, to become more attractive to others, to inspire confidence, to walk your path with integrity, and to distinguish yourself in whatever field you´ve chosen.”

Em tradução livre:

O personal branding ajuda você a saber quem você é e a ser valorizado por isso, a atrair o que deseja, tornar-se mais atraente para os outros, inspirar confiança, seguir seu caminho com integridade e distinguir-se em qualquer campo que você tenha escolhido.”

 

Personal branding NÃO é o mesmo que assessoria de imagem

 

Numa assessoria de imagem se trabalha os elementos externos e superficiais de uma pessoa, como: seu aspecto físico, como se veste, o carro que dirige ou a forma de falar, entre outros.

O personal branding parte do interior e daquilo que é mais autêntico em uma pessoa.

Uma marca pessoal forte é construída através do propósito, do “por que” de quem está por trás dela, dos seus valores, daquilo que o torna único.

Isso é necessário porque pessoas tomam ações por meio das emoções, só depois é que entra a razão para racionalizar a ação.

As pessoas NÃO se identificam com uma marca porque o produto ou serviço dela é o melhor ou o mais barato. Elas se identificam por meio dos valores que aquela marca defende. Quais valores você defende?

O personal branding vai trabalhar o que você tem de único, vai juntar com seus valores, propósito e missão para criar algo que seu público alvo enxergue valor e deseje pagar por isso.

E é aí que o marketing pessoal entra!

 

O que faz o marketing pessoal?

O objetivo do marketing pessoal é comunicar o valor da sua marca. Ele é responsável por transmitir sua mensagem; tudo aquilo que você já fez e é capaz de fazer.  Ele comunica seu potencial de transformação na vida das pessoas por meio de um conjunto de estratégias, executadas de maneira pensada.

Entenda que o marketing pessoal não cria valor para sua marca, ele o comunica. Sabe aquela frase, “nem o melhor marketing salva um produto ruim?” Pois é!

Não espere que o marketing pessoal faça mágica por sua imagem. Para comunicar valor, sua mensagem tem que ter valor.

O marketing pessoal apenas comunica. O que você deseja comunicar? Pense nisso. Então trace um plano de ações para alcançar o objetivo. Analise o feedback, altere o que for necessário e recomece.

O marketing pessoal é fundamental na sua estratégia para que as pessoas saibam que você existe e enxerguem valor em você (lembre-se, elas só vão enxergar valor, se houver valor). Ele constrói a ponte entre você e sua audiência.

Como que você constrói valor?

Ora! Por meio do personal branding.

O personal branding constrói o valor e marketing pessoal o comunica. Percebe que é um trabalho em equipe? Enquanto o 1º identifica o 2º transmite as características que te torna único para você se posicionar no mercado como tal.

Entenda que ao fazer marketing pessoal você NÃO está se vendendo, você está comunicando seu valor. Você não é um saco de batatas, você é o potencial de transformação na vida das pessoas com quem deseja se conectar.

O marketing de conteúdo é um excelente meio de comunicar seu valor para seu público alvo. Por que? Porque você está algo quem beneficiará o destinatário de alguma forma e ele enxergará valor nisso.

No marketing de conteúdo você não diz “eu sou sua melhor opção e ponto!”. Você para mostra sua audiência, porque você é a melhor opção.

 

Como se promover e aumentar o valor percebido por sua audiência

 

Toda ação de marketing que promover, tem que estar coerente com o seu “por que”. Em 2º lugar, essa ação precisa gerar valor para sua audiência.

#Simbora!🚀

 

1º) Para a mensagem estar coerente com o seu propósito, pergunte-se:

  • Está de acordo com meus valores?
  • Está de acordo com minha missão?
  • Eu acredito nisso?

2º) Para saber se terá valor para a audiência, pergunte-se:   

  • Está relacionado com o nicho que escolhi?
  • Que benefício isso traz para minha persona?
  • Isso fortalecerá nossa relação, me tornando mais próximo da minha persona?

Tendo em mente esses 2 passos, com certeza você vai se promover gerando valor para a sua audiência e terá a certeza de que está caminhando para frente a passos largos em direção ao sucesso.

Para te ajudar, baixe esse mini guia de 2 passos para você imprimir e colar na parede.

marketing pessoal

 

 

Concluindo

Personal branding é identificar o que você tem de único. A comunicação disso é feita pelo marketing pessoal.

O marketing pessoal não cria valor, ele o comunica. Você cria valor por meio do personal branding.

O marketing pessoal é fundamental na sua estratégia para que seu público alvo saiba que você existe e possa enxergar valor em você.

Fazer marketing pessoal não é se vender, é comunicar seu valor para as pessoas certas. Isso você faz com duas coisas em mente: 1- a ação de marketing tem que estar coerente com o seu “por que”. 2-  essa ação precisa gerar valor para sua audiência.

 

Bem, chegamos ao fim.

Deixe sua pergunta ou comentário, terei o maior prazer em responder. 😃

Compartilhe o conhecimento com um amigo.💛

Para ficar por dentro das novidades,  assine minha newsletter agora!💎📧

 

Forte abraço,😉

Anne Lira

 


Referências
http://pdimagemecarreira.com/quais-as-principais-diferencas-entre-marketing-pessoal-e-marca-pessoal/
https://marketingdeconteudo.com/marketing-pessoal/
http://julianasaldanha.com.br/o-que-e-personal-branding-x-marketing-pessoal/#comment-80
http://personalbrand.com.br/qual-a-diferenca-entre-marca-pessoal-marketing-pessoal-e-personal-branding/
Imagens

Designed by Freepik